TODOS OS TEXTOS COMERCIALIZADOS SÃO ORIGINAIS, SÃO PROPRIEDADE DA MARCA REGISTADA SARDINHA PEQUENINA E ESTÃO PROTEGIDOS PELA LEI DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

Blog

Saudade

Saudade

Escrito em 20 de outubro de 2021

No silêncio, quando fecho os olhos. Quando o teu cheiro me invade como se ainda aqui estivesses. Quando sinto o calor da tua mão. Ele teima em fazer-se extinguir. Quando o paladar grita por todos os sabores que emprestavas à comida. Quando as flores desabrocham e as hortênsias ganham cor. Quando cuido de um quintal que em tempos já foi por ti - e por outra geração - velado. Foi nele que me encontrei. Há nele borboletas. E são brancas.  Quando te imagino a rir descontroladamente. A tua gargalhada ecoa. Quando me questiono sobre o teu conselho. A tua opinião. ... Ler mais
Catequista

Catequista

Escrito em 18 de outubro de 2021

Numa roda feita aqui ou acolá. Sentados em bancos de madeira ou de pernas cruzadas no chão. Eles ouvem-te contar a mesma história de mil formas diferentes. Uma história antiga e tantas vezes narrada. Em que a personagem principal surpreende. Tu transportas quem te ouve para tempos idos. E adoças o coração dos que te rodeiam. És capaz de transformar. Moldar. Mudar corações. Plantar sementes em terrenos férteis ou áridos. Regá-las com as tuas histórias, atos e exemplos. E das sementes crescem sempre flores. É a tua fé que as nutre. E as faz florescer.
Água pela barba

Água pela barba

Escrito em 15 de outubro de 2021

Na barriga da mamã, eu ouvia-te. Sabia que estavas feliz. Mas também preocupado. Sentia-te ansioso. Curioso para me conheceres. Quando nasci, no teu regaço encontrei finalmente a minha casa.   Perdoa-me agora se, ao crescer, te der “água pela barba”. Preocupação. Desassossego. Inquietação.   A tua voz forte será sempre sinal de orientação. Luz forte no escuro. Porto de abrigo em época de tempestade.