Todos os textos são originais, são propriedade da marca registada Sardinha Pequenina e estão protegidos pela lei da propriedade intelectual.
  Blog

Tia, Mulher, Flor

Escrito em 09 de dezembro de 2021

Tia, Mulher, Flor

A minha tia nasceu num canto solarengo do quintal.

Brotou da terra.

E cresceu enquanto dançava com os raios de sol.

A chuva tornou-a mais bela e forte.

As suas pétalas têm a essência do carinho.

 

A minha tia é uma rosa: graciosa.

Mas igualmente selvagem.

Os seus espinhos são marcas. 

Tatuagens deixada pelas tempestades.

 

Ela também é uma violeta: o seu aroma tranquiliza-me.

As suas raízes contam a minha história.

 

A minha tia é também girassol.

De caule robusto, é imponente e majestosa.

Rainha do sol.

 

Ela é Tia. Ela é Mulher. Ela é Flor.


×