TODOS OS TEXTOS COMERCIALIZADOS SÃO ORIGINAIS, SÃO PROPRIEDADE DA MARCA REGISTADA SARDINHA PEQUENINA E ESTÃO PROTEGIDOS PELA LEI DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

Blog

Sempre ligeira

Sempre ligeira

Escrito em 20 de maio de 2021

Sai de casa pela manhã. A gingar vai pela rua e cumprimenta aqueles que por ela passam. Pára no café e toma a bica. Talvez coma uma sandes. Sentada, observa todos. Dali parte para qualquer programa. Porque ela é assim. Põe tinta no cabelo. Faz ginástica. Bebe martini. É vaidosa. Diz o que pensa. Não pede desculpa a ninguém. Nos dias bons e nos dias maus, segue em frente. Com ou sem dificuldade. Mas segue sempre, sempre ligeira.
Família

Família

Escrito em 15 de maio de 2021

São almoços. São jantares. São lanches intermináveis. São aromas. São sabores. São músicas.  São lugares de todos os dias. São lugares especiais. São memórias. Fiéis depositários da nossa história. Contadores exímios do nosso passado. Atores de todos os dias. São sorrisos e gargalhadas. Barafunda. São palmas. E são orgulho que transborda.  São segredos. São beijos. São abraços. São olhares cúmplices. São lágrimas. São colo. São amor. E são certeza de perdão. São porto de abrigo. São ânimo. Dose de força para o caminho.  
Embalo

Embalo

Escrito em 14 de maio de 2021

Enquanto a embalo, ela olha fixamente para mim. O que procura ela? Lê nas marcas do meu rosto o que sinto por ela. Vê nos meus olhos o meu coração. Repara no sorriso que não consigo esconder. E ouve a ligeira canção que eu vou trauteando. É um olhar sem critica. É um olhar que não dói. É um olhar que não me quebra. Enquanto a embalo, até que os olhos dela cedam finalmente, a minha filha fita-me. E naquele olhar, entre nós, quero partilhar o mundo com ela. E naquele aconchego só nosso, quero dizer-lhe que a embalarei sempre. ... Ler mais